26 de agosto de 2008

Vou sambar no seu caixão (*)

Vou sambar no seu caixão
Porque alegria maior não há
E para todo sambista há comemoração
E por isso vou sambar no seu caixão

No meio de coroa de flores, rosas e espinhos.
E deixa a vida melhor continuar
Sem culpa, sem arrependimento
Sem santo, sem pudor.

Porque sofrimento maior não há
Que a vida passar a toa
Agora que tem a vida boa
A gente samba pra melhorar

Eu sambo no seu caixão
Para transbodar alegria
Felicidade de viver a vida

Deixo as lágrimas para depois
Deixo a conta para nós dois
Só para aproveitar

E vamos sambar
Alegria maior não há!

(*) agora sou letrista. hahahahaha
Copyright by Mariana Catto , proibida cópia, reprodução etc e tals .
Hahahahahaha

3 comentários:

Anônimo disse...

kkkkkkk to pensando no caixão de quem eu sambaria...
MIEKO

Luis disse...



Pode dançar no meu, eu não ligo, mas só se trouxer uma garrafa de pinga pros presentes.

Luis

Mariana disse...

Mieko: Pelo que eu te conheço, passaria anos sambando em enterros, se for contar seus desafetos.

Luis: Porra véeei... Pinga? Uiscão de prima, por minha conta... e outras coisitas mais... hehehe