5 de março de 2009

As Grandes Navegações - Expansão Marítima

Os fatos históricos que levaram ao "descobrimento" do nosso querido, amado e sadio país!

Para vocês se situarem no tempo histórico, o século é XIV e XV, início da Idade Moderna, e o mundo passa pela transição do feudalismo para o capitalismo.Nessa época,Portugal, diferente dos dias atuais, fazia alguma diferença no mundo, e foram pioneiros nas Grandes Navegações. Óbvio que não saíram por ai com seus barquinhos desvendando o mundo, destemidos, alguns fatos contribuíram para que eles perdessem o cagaço de enfrentar o mar.
Com a ascensão da burguesia, o início do capitalismo, os senhores feudais foram perdendo terreno, e a monarquia foi ganhando espaço, apoiados pela burguesia. Sendo assim o rei começou a ter alguma interferência nas Navegações. Essa centralização de poder nas mãos do rei foi precoce em Portugal, o que deu uma boa vantagem em relação aos outros países.
Pra ter uma idéia Dom Henrique (veja que graça de pessoa ) fundou a "Escola de Sagres" que constituía, basicamente, em um monte de desocupado que ficava falando sobre navegações.
Além disso depois que a peste , a guerra e a fome devastaram a metade da população da Europa no século XIV, no século posterior o povo começou a fazer filho loucamente, o que levou a falta de recursos para sustentar os remelentinhos que estavam nascendo.
Nesse meio tempo ocorreu a Queda de Constantinopla e os italianos começaram a cobrar valores absurdos pelos produtos importados daquele lado.
A burguesia ficou uma arara e resolveu que financiaria as idéias dos Navegadores malucos para chegar as Índias, sem intermediários mercenários comedores de lasanha.
Idéias malucas, porque estamos no Renascimento e as idéias novas estavam bombando, novas ciências, novas tecnologias etc.
Lá foram eles, desvendando o mar bravio com suas "potentes" caravelas (barquinhos toscos de 50m e pouca estabilidade).
Conquistaram o norte da África, as Ilhas Atlânticas (Cabo Verde), Foz do Rio Congo (onde começaram a traficar negros para escravo) até pararem no "Cabo das Tormentas". Ficaram lá tempo pra cacete. Com seus super potentes barcos da época, não conseguiam atravessar o encontro de correntes marítimas que tem por lá.
Uma hora tinham que parar de preguiça.
Isso aconteceu quando Cristóvão Colombo, que tomou um pass by de Potugal quando ofereceu seus serviços marítimos e foi ter com a Espanha, disse que havia chegado às Índias! (na verdade o bocó tinha chegado à América, mas abafa o caso).
O destemido Vasco da Gama largou a mão de ser frouxo e contornou a corrente, foi a primeira vez que navegaram longe da terra firme.
Chegou lá com 4 navios. Encheram os 4 de muambas. Infelizmente 2 delas afundaram. Chegando a Portugal, tirando as despesas, as caravelas afundadas e todo o resto tiveram o lucro de aproximadamente 18.000%. Isso mesmo que você leu. 18.000% de lucro. A burguesia que financiava a coisa toda nunca ficou tão feliz!
E quis mais, claro, esse é o pensamento burguês.
E então saíram 13 caravelas comandadas por ninguém mais, ninguém menos que Pedro Álvares Cabral (situou?).
Por um infortúnio do destino uma das caravelas quebrou e pararam nas Ilhas do Atlântico para fazer o reparo. Quando resolveram partir, não havia vento, e resolveram mudar um pouquinho de nadica de nada a rota. Seguindo esse desviozinho de nada chegamos onde moçada?? (skindô-skindô!) Brasil (il il il )!
E aí o resto da história vocês conhecem bem não?
Deixando claro que a chegada de Pedro Álvares por aqui foi tão sem querer quanto a queda da Isabela Nardoni da janela.
E temos fatos que comprovam. O Pedrão foi acompanhado nessa viagem do alto escalão de navegadores portugueses, entre eles o Vasco da Gama e Bartolomeu Dias . Se Pedro era tão sem noção ao ponto de não saber onde estava indo, os outros não seriam tão sem noção de segui-lo. É como se os rapazes da Academia Brasileira de Letras não soubessem escrever "exceção"! (Se bem que com isso de Paulo Coelho...).
Mais: Pedro ficou na terra "achada" 4 dias apenas e prosseguiu viagem. Se essa terra fosse "nova" realmente ele não gastaria um pouquinho de tempo aqui?
Para finalizar há uma carta de um dos pilotos (que pediu para não ser identificado) que é um diário "lado B" e que diz claramente que Pedro chegou onde ele queria, que o Vascão até deu um toque nele dizendo que a terra é cheia de selvagens, ele arriscou e perdeu 50 manos na batalha.
Foi assim que a nossa linda terra onde canta o sabiá foi descoberta.

7 comentários:

Luis disse...

É, Brog também é curtura ...

Gostei da parte da Isabela Nardoni ... hehehe

Jeane disse...

Amei !Vou usar o seu texto em aula.Posso?

Mariana disse...

Opa! Em aula? Claro, ficarei feliz, desde que seja citada a fonte ... ;)

roselene disse...

que tristeza sem fim

Anônimo disse...

Hum ... mto interessante ; eu vou fazer um trabalho de história , eu posso utilizar esta página ?

- Obrigado msm assim ...

Anônimo disse...

Hum ... mto interessante ; eu vou fazer um trabalho de história , eu posso utilizar esta página ?

- Obrigado msm assim ...

Anônimo disse...

vou ussar na aula n pesso ma sé muito bom parabens