24 de março de 2009

Show do Radiohead

Tudo o que eu escrever aqui sobre eles parecerá sentimental demais. Por isso esperei tantos dias para escrever, para ver se passava minha euforia.

Não adiantou. Talvez algumas pessoas que gostam de aporrinhar a vida alheia não entendam. Talvez achem coisa de adolescente. E se for também, pouco me importa. Pouco importa se vai soar clichê, mas foi o melhor show da minha vida. E foi o que eu mais esperei também, cerca de 10 anos. E para uma espera de 10 anos foi pouco tempo de show, mas aproveitei cada minuto.
Eu só queria ter 15 cm a mais para poder ver melhor Tom Yorke e trupe igualmente foda.
Estava entre amigos, meu irmão, meu amor. Não poderia ser melhor.
Radiohead marcou minha adolescência, claro. Fez pensar, fez chorar , fez sentir. Quanto tempo você não ouve uma música que te traz esses sentimentos? Quanto tempo uma música não te faz sorrir e chorar? Radiohead nos trouxe isso. Trouxe de volta muitos sentimentos que estavam perdidos. Trouxe de volta um pouco da minha essência, daquelas que eu tinha jogado fora e renegado.
Depois do show não dormimos. Eu pensei, e de novo vou me reavaliar.

Falando do show propriamente dito, como sempre, organização uma piada. Banheiros nojentos, filas enormes e quase saímos esmagados.




Mas eu nunca vi em show um som tão bom. Houve dinâmica (musical). Claro que grande parte pela banda, mas via-se e ouvia-se bem. Um milagre. Os efeitos de palco eram hipnotizadores. Meu amigo disse que parecia que estava num sonho, e foi basicamente isso. Radiohead tratou bem o público, trouxe o mesmo palco, e melhorou o repertório porque em outros lugares não tocaram o último bis.

Certamente foi um show que agradou quem gosta de música. De música tocada pela música.
E agora é esperar mais "vai saber" quanto anos por um retorno!






You are all I need
You are all I need
I'm in the middle of your picture
Lying in the leaves





3 comentários:

Mieko M. disse...

é foi tudo isso, gente!

não precisa de legenda, não precisa de palavras... foi o silêncio que disse o que a gente sentia... pasmou-nos, eu sou leiga, não posso falar muito, mas amei muito... so fucking special!

Mieko M. disse...

saudades de vc assim: escrevendo.

Trotta disse...

Não gosto de Radiohead, mas o palco deles tava bonito mesmo!